Neo Tokyo
É com todo o prazer que damos as Boas Vindas a Neo Tokyo!

O fórum se passa em um mundo futurístico, cyberpunk, onde as grandes corporações e as máfias dominam todo o giro de capital.
Desde os altos arranha-céus da Cidade Alta até as ruas sujas e cheias de mendigos e doentes do Distrito 8, o mundo é dominado pelas modificações corporais e pelos implantes de aumento de habilidade, ou AUGS.

Desenvolva sei personagem, com suas habilidades e fraquezas e escolha seu local de moradia de acordo com seu passado e presente, e acima de tudo: divirtam-se!

Ruas de Regalo

Ir em baixo

Ruas de Regalo

Mensagem por Nicolas Gattile em Qua Fev 07, 2018 7:11 am

avatar
Nicolas Gattile
Recém-chegado
Recém-chegado

Mensagens : 7
Data de inscrição : 12/01/2018
Localização : Villa Gattile

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas de Regalo

Mensagem por Nicolas Gattile em Qua Fev 07, 2018 8:49 am

— Não é nada pessoal, Jaime. — Nicolas apertou as mãos ao redor do bastão de baseball e girou o corpo, acertando em cheio o queixo do homem. — Exceto que... é pessoal sim. 


O corpo do homem foi ao chão, e enquanto isso os outros três caras observavam impotentes quando o chefe da gangue era ensinado uma lição. Nicolas se virou de costas para ele, e beijou o bastão envolto por arame farpado, já um pouco ensanguentado, deixando seus lábios vermelhos. 


— Esse é um clássico. — ele o deixou descansando sobre o ombro. O fraque roxo do palhaço era bem cortado, e seus cabelos verdes estavam penteados para trás. Ele buscou um cigarro e procurou por um isqueiro nos bolsos. Não encontrando um, olhou para os outros homens, que olhavam pra ele com olhos arregalados. 


— Tem uma luz? — perguntou pra um, que logo deu seu jeito e acendeu uma chama para Nic. 


Ele tragou o cigarro e soltou a fumaça para cima, observando ela se dissipar no ar. Apoiou o bastão no chão, como se fosse a própria bengala de um Willy Wonka depois de passar anos num manicômio. 


— Vocês me pegaram num péssimo dia. Senhores, esse é o tratamento de quem decide roubar drogas dos Gattile. Espero que se lembrem disso. — Nicolas deixou o cigarro na boca e girou o bastão nos dedos antes de voltar até Jaime, que estava caído no chão, de braços e pernas abertos, atordoado. 


Nic mirou bem na cabeça de Jaime, e ergueu o taco. Ele desceu o taco e alguns dos gângsters chegaram a virar o rosto. Ele parou a centímetros da testa de Jaime. Os homens voltaram a olhar pra ele, e ele suspirou. 


— Eu devia ter usado meu terno vermelho. — Dizendo isso, ele desceu o taco sobre a cabeça de Jaime múltiplas vezes, lançando sangue e pedaços de cérebro para todo lado. 


Quando terminou, seu rosto estava respingado de sangue e pedaços de carne penduravam no arame farpado. Ele caminhou por entre os rapazes, que o olhavam com uma expressão assustada. Pegou um lenço do bolso do casaco e limpou o rosto levemente. Os homens se afastaram dele e tentaram sair do beco. Sensores foram ativados e fecharam a saída com lasers. 


— Oh, não tão rápido. Sua operação é pequena, mas há potencial para uma expansão bem... agressiva. Mas nós só temos uma vaga no momento, então vamos fazer alguns... testes. 


Nicolas pegou uma faca e lançou entre os três. 


— Que seja rápido. 


Os três se lançaram para a faca e lutaram entre si por alguns minutos, durante os quais Nicolas tragou calmamente seu cigarro. Ele não fumava regilarmente, mas os últimos dias haviam sido bem estressantes. Gostar de alguém era problemático, mas ver este alguém beijando outra pessoa, ainda que por um motivo maior era... insuportável. Nicolas não gostava de meias verdades, estandartes duplos ou sentimentos fracos. Se ele sentia, era intenso. E intensidade e loucura juntas faziam uma combinação perigosa. 


Finalmente apenas um rapaz estava vivo. Ele se ergueu, a faca na mão, suja de sangue. Nicolas observou que ele era alto, pele bem clara. Os cabelos eram negros, os olhos também. Os cabelos eram lisos e não muito longos. Lembrava alguém. A mão de Nicolas apertou o cabo do taco de baseball até que suas juntas ficaram brancas. 


— Então, chefe? — o rapaz falou, lançando a faca ao chão em sinal de rendição, e sua voz era grave. 


Nicolas desligou a barreira de lasers e olhou bem para o bastão ainda ensanguentado e nem tentou se conter. Impulsivamente virou o bastão e atingiu o rapaz no rosto. Ele foi ao chão, o lado da face sujo de sangue e arranhado pelo arame. 


— M-MAS VOCÊ DISSE...


— EU SEI O QUE EU DISSE, O NEGÓCIO É QUE EU NÃO ME IMPORTO! 


Ele o acertou mais uma vez, arrancando mais sangue. Agarrou o rapaz pelos cabelos e o forçou a olhar pra ele. 


— Qual é o seu nome? 


— B-Benjamin... — Ele gaguejou, a boca inchada escorrendo sangue e dentes. 


Nicolas esfregou os olhos de maneira afetada, como se houvessem uma coceira insuportável que o incomodava, como se quisesse arrancá-los fora. Até o nome. 


— Benjamin? Com um B? É, Benjamin-Com-Um-B... Hoje não é o seu dia de sorte, sabe. Não mesmo. 


Ele largou o rapaz no chão e deu a volta, ficando mais próximo de sua cabeça. Dando mais um golpe, o rapaz ficou atordoado, o rosto completamente ensanguentado. 


— Acontece... — Nicolas o golpeou novamente. — ...que você... — outro golpe. — ...parece muito... — e outro — ...alguém. Alguém que me irritou muito. — Ele continuou transformando o que restava da cabeça do rapaz em pedaços cada vem menores. 


— Muito, muito mesmo. 


avatar
Nicolas Gattile
Recém-chegado
Recém-chegado

Mensagens : 7
Data de inscrição : 12/01/2018
Localização : Villa Gattile

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas de Regalo

Mensagem por Beyond Darkness em Qua Fev 07, 2018 6:22 pm

Não se soube como, nem há quanto tempo ele estava ali, mas ainda que no meio do frenesi, Nicolas poderia sentir o peso de olhos carmesim sobre ele. Por um segundo, foi como se uma sombra abrangesse o estreito beco de uma ponta à outra, e a iluminação ali tornou-se um tanto mais débil antes que o som de palmas ecoassem.
Elas eram lentas e prolongadas, interatuando com os passos que se arrastavam cada vez mais próximos, a silhueta íntegra contra a luz se fazendo cada mais nítida até que seus coturnos pisaram sobre uma poça de sangue do que antes era a cabeça de Jamie, com seu cadáver torto logo ao lado.

As caveiras prateadas refletiam na superfície translúcida do líquido, havia um ponto vermelho naquela viela que não era os miolos espalhados pelo chão, mas sim um homem alto, de cabelos negros e lisos não tão longos(por estarem envoltos dentro do sombreiro), com uma pele pálida e íris brilhantes.
Beyond estava logo atrás de Nicolas. Beyond-com-B.

Era irritante o quanto aquele homem tinha a capacidade de surgir como um fantasma quando era invocado, ou mesmo quando não era - e era exatamente aí onde ele parecia que mais gostava de aparecer.
As palmas finalmente cessaram, e sua voz soou logo em seguida:

- Se eu soubesse que você estava dando um show, teria trazido os confetes.- aquele sorriso que nunca sumia reinava em sua face, provocante como sempre.- Você me deixou um tanto preocupado, Gattile. Depois do nosso... pequeno joguinho... foi difícil contatar você.

E com pequeno joguinho ele se referia a todo o plano que deu início à queda de Shadow, pouco tempo atrás. Ele sabia bem porquê alguém como o exímio torturador dos Gattile havia aceitado ajudá-lo no sequestro da Herdeira dos Lindberg. Aquela situação passada era pesada demais, complicada demais, além de não realmente afetar a máfia italiana em nada, mas Nicolas o fizera porque foi Beyond quem o pediu. Por devoção, por... afeto. Certamente pelo que eles mantiveram durante todo aquele período, praticamente em segredo completo de todas as outras pessoas; a intimidade, os encontros, o sexo. A última vez que aquela última parte aconteceu, foi como se algo entre eles houvesse sido realmente firmado. Foi um conluio de palavras e sentimentos, tão puros quanto intensos, isso fluindo de ambas as partes. O Darkness realmente se mostrara a Nicolas como não havia feito com mais ninguém, e depois daquela noite nada poderia afastá-los de qualquer forma... exceto que, uma semana depois, no meio do sequestro, Beyond parecesse ter feito questão de invadir a privacidade de Nymeria e beijado-a de língua na frente inclusive do próprio Nic. Deixando a chave para as algemas debaixo de sua língua, é claro, mas ainda foi um beijo e tanto. A pior parte é que ele nem escondeu que tinha gostado. Quer dizer, aquilo era realmente necessário, mesmo que fosse crucial para manter a garota com o mínimo de vantagem em território inimigo?
A resposta era não.
Filho da puta.

E Beyond deveria saber bem. Enquanto observava Nicolas, ele deveria saber bem do que a expressão raivosa no rosto do palhaço se tratava. Ele podia parecer insolente diante da maioria das coisas, mas nas consequências de seus atos para pessoas que se importavam consigo ele deveria estar bem à par... certo?

- Mas eu vejo agora. Alguém o irritou... "muito, muito mesmo".- ele inclinou a cabeça... e sua expressão se assemelhou muito com a qual ele encarara o próprio Nicolas após o dito beijo. Algo entre o cinismo e a inocência pura.- Ah, é? E quem foi mesmo?


O monstro que nega a Deus e o que se ajoelha a Deus são a mesma coisa. 
Voice:
avatar
Beyond Darkness
Cão dos Darkness
Cão dos Darkness

Mensagens : 56
Data de inscrição : 26/12/2017
Idade : 37
Localização : Los Angeles | Neo Tokyo

B.I.O.S.
HP:
200/200  (200/200)
MP:
200/200  (200/200)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas de Regalo

Mensagem por Nicolas Gattile em Qui Fev 08, 2018 11:16 pm

Assim que Nicolas ouviu aquela voz, e que se assegurou de que ele estava mesmo ali e não era apenas mais uma peça de sua mente, sua cabeça começou a doer. Pensamentos borbulhavam nela, e, na sua frente os corpos de Jaime e todos os seus capangas, incluindo Benjamin-com-um-B, mortos. 


Nicolas apertou os olhos com as mãos. Pressionou com força enquanto soltava um grunhido irritado. O ódio que crescia nele só aumentou com a presença de Beyond. 


“E quem foi mesmo?” Aquela voz cinica ecoou pela cabeça dele como a voz ecoava man cúpula da mansão da Darkness, exatas quinze vezes. Nicolas pegou o bastão e bateu duas vezes no chão. O bastão ainda estava em ótimo estado, apesar de todo o sangue, pele e cérebros presos nele. 


— Você não sabe? — Ele se virou e olhou para o Red Angel. — NÃO SABE? Bem, vamos ver se UM GOLPE BEM DSDO REFRESCA A SUA MEMÓRIA! 


Sua respiração ficou ofegante, raivosa. Ele começou a caminhar para mais perto de Beyond com aquela expressão psicótica no rosto, e, com toda a força do mundo, girou o corpo para acertar em cheio seu rosto.
avatar
Nicolas Gattile
Recém-chegado
Recém-chegado

Mensagens : 7
Data de inscrição : 12/01/2018
Localização : Villa Gattile

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas de Regalo

Mensagem por Federação Alterra em Qui Fev 08, 2018 11:16 pm

O membro 'Nicolas Gattile' realizou a seguinte ação: Lançar dados


'd20' : 13
avatar
Federação Alterra
Recém-chegado
Recém-chegado

Mensagens : 45
Data de inscrição : 29/05/2013

B.I.O.S.
HP:
200/200  (200/200)
MP:
200/200  (200/200)

Ver perfil do usuário http://neotokyo.forumgratis.com.pt

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas de Regalo

Mensagem por Beyond Darkness em Qui Fev 08, 2018 11:27 pm

SIM MEU BEBEZIM FALE BAIXO PAPAI TA FALANDO DIREITIM CUM VC MOMÔ


O monstro que nega a Deus e o que se ajoelha a Deus são a mesma coisa. 
Voice:
avatar
Beyond Darkness
Cão dos Darkness
Cão dos Darkness

Mensagens : 56
Data de inscrição : 26/12/2017
Idade : 37
Localização : Los Angeles | Neo Tokyo

B.I.O.S.
HP:
200/200  (200/200)
MP:
200/200  (200/200)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas de Regalo

Mensagem por Federação Alterra em Qui Fev 08, 2018 11:27 pm

O membro 'Beyond Darkness' realizou a seguinte ação: Lançar dados


'd20' : 15


avatar
Federação Alterra
Recém-chegado
Recém-chegado

Mensagens : 45
Data de inscrição : 29/05/2013

B.I.O.S.
HP:
200/200  (200/200)
MP:
200/200  (200/200)

Ver perfil do usuário http://neotokyo.forumgratis.com.pt

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas de Regalo

Mensagem por Beyond Darkness em Sex Fev 09, 2018 1:22 am

O grunhido de raiva misto às batidas no chão com o taco fizeram com que o Darkness arqueasse uma sobrancelha, muito embora seu sorriso ainda permaneceasse ali, o que podia causar a impressão de que, para ele, o "show" de Nicolas ainda não havia acabado.
Portando, ele não pareceu outra coisa se não curioso quando Nicolas gritou, aproximando-se dele.
Beyond não moveu um músculo até que o taco fosse erguido, e então empurrado em sua direção.

Um centímetro. Foi o que faltou para que o arame rasgasse completamente o lado esquerdo de seu rosto e a força do impacto provavelmente torcesse seu pescoço para fora do lugar. Um centímetro bem calculado... e irritantemente proposital.
Beyond segurou o bastão, a mão fechada ao redor da ponta, os dedos por cima dos arames. O tecido branco de sua luva empapou de vermelho, manchando o bordado de Ouroboros, mas o aperto ainda parecia muito firme, firme o suficiente para que Nicolas não conseguisse mais arrancar aquela arma dali.

Houve um momento de silêncio onde apenas a respiração pesada de Nicolas era ouvida, até que Beyond deu um passo à frente, encarando o palhaço sem sequer piscar.

- Hã-hã, Nic, Nic, Nic... foi assim que nós imaginamos que seriam nossos encontros? Eu acho que não.- ele renovou o sorriso e seu rosto se aproximou de repente, um tanto perto demais da face do italiano. Houve um estalar de língua antes que B continuasse, dessa vez descendo o tom de voz tal forma como sua boca, seu hálito batendo contra o lóbulo do ouvido de Nicolas:- Você quer me machucar, não quer?

O taco foi definitiva e indelicadamente arrancado da mão do Gattile, sendo atirado para longe e rolando pelo beco escuro.

- Então faça com as suas mãos, garotinho ciumento. E talvez eu possa te contar se ela beija melhor ou não.


O monstro que nega a Deus e o que se ajoelha a Deus são a mesma coisa. 
Voice:
avatar
Beyond Darkness
Cão dos Darkness
Cão dos Darkness

Mensagens : 56
Data de inscrição : 26/12/2017
Idade : 37
Localização : Los Angeles | Neo Tokyo

B.I.O.S.
HP:
200/200  (200/200)
MP:
200/200  (200/200)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas de Regalo

Mensagem por Nicolas Gattile em Sab Fev 10, 2018 7:23 am

Eles dizem: “Cuidado com a ira do homem paciente.” 

Nicolas não era o que se chama de “homem paciente”. 


Um centímetro. Um centímetro apenas foi o que separou Beyond de sua Lucille. O palhaço tentou, em vão, arrancá-la das mãos do Darkness, antes que o bastão fosse jogado longe, mas sua força não se comparava à força dos membros mecânicos de Beyond. 


A falha só traz mais ódio, e quando se está furioso, qualquer provocação é aceita, qualquer ataque é revidado, sem calcular chances ou consequências. Sem se preocupar com imprevisibilidade. 


Esse foi o primeiro erro de Nicolas. Deixou que seu ódio e frustração lhe colocassem nessa situação humilhante. E ainda não tinha passado. A voz de Beyond soou como um desafio, um gongo para que ele se lançasse sobre o outro. Nicolas apertou os olhos com as mãos como se quisesse enfiar os globos oculares pra mais fundo em seu crânio, e rangeu os dentes. 

— Cala a boca... — Nicolas odiava muitas coisas. E uma delas era sentir ciúmes. De certa forma toda aquela situação o deixava tão parecido com uma das pessoas mais desagradáveis que ele já tivera o desprazer de conhecer, que tudo isso se transformou em auto-aversão. 


As mãos deslizaram dos olhos para os cabelos verdes e os puxaram com força.


— Haha. Hahaha. Hahahahaha. HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA Minhas mãos?



Ele olhou para as mãos cobertas pelas luvas brancas. Lentamente se livrou delas. Ele não sorria mais. A curva vermelha que cortava seu rosto era a única coisa feliz nele. Nicolas deu as costas para Beyond, mas antes que pudesse andar pra longe dali, girou o corpo com força para atingir um soco bem em seu rosto. 


avatar
Nicolas Gattile
Recém-chegado
Recém-chegado

Mensagens : 7
Data de inscrição : 12/01/2018
Localização : Villa Gattile

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas de Regalo

Mensagem por Federação Alterra em Sab Fev 10, 2018 7:23 am

O membro 'Nicolas Gattile' realizou a seguinte ação: Lançar dados


'd20' : 19


avatar
Federação Alterra
Recém-chegado
Recém-chegado

Mensagens : 45
Data de inscrição : 29/05/2013

B.I.O.S.
HP:
200/200  (200/200)
MP:
200/200  (200/200)

Ver perfil do usuário http://neotokyo.forumgratis.com.pt

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas de Regalo

Mensagem por Beyond Darkness em Sab Fev 10, 2018 7:25 am

NICOLAS RAINHA ALESSA NADINHA


O monstro que nega a Deus e o que se ajoelha a Deus são a mesma coisa. 
Voice:
avatar
Beyond Darkness
Cão dos Darkness
Cão dos Darkness

Mensagens : 56
Data de inscrição : 26/12/2017
Idade : 37
Localização : Los Angeles | Neo Tokyo

B.I.O.S.
HP:
200/200  (200/200)
MP:
200/200  (200/200)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas de Regalo

Mensagem por Federação Alterra em Sab Fev 10, 2018 7:25 am

O membro 'Beyond Darkness' realizou a seguinte ação: Lançar dados


'd20' : 10


avatar
Federação Alterra
Recém-chegado
Recém-chegado

Mensagens : 45
Data de inscrição : 29/05/2013

B.I.O.S.
HP:
200/200  (200/200)
MP:
200/200  (200/200)

Ver perfil do usuário http://neotokyo.forumgratis.com.pt

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas de Regalo

Mensagem por Beyond Darkness em Sab Fev 10, 2018 9:43 am

Apesar de parecer agressivo, provocando com palavras como se fosse um completo ignorante, Beyond não estava com raiva. Ele tampouco tinha o direito de estar, e sabia muito bem disso. Ele também não estava tentando provar seu ponto a Nicolas, nada de convencê-lo do contrário, muito menos tentar dar algum motivo plausível para ter feito o que fez.

Por um momento, a frustração bem visível nos gestos do palhaço causaram-lhe um desconforto súbito. O fato é que lhe doía igualmente como doía em Nicolas, mas as pessoas possuem jeitos diferentes de lidar com a dor.
Talvez o erro de Beyond fosse querer aplicar seus próprios métodos em cima de Gattile.
O Red Angel queria vê-lo extravasar. Liberar sua raiva, descontar seu ódio, porque ele acreditava que era a única maneira eficaz para lidar com a situação.
Em seu ínfimo, ele também queria sentir. Sentir exatamente o que Nicolas sentia.
E, quando aquele golpe veio, Beyond soube o quanto ansiava por aquela dor.

Ele sequer tentou desviar. O impacto foi certeiro e levou seu sorriso irritante embora, seu rosto torcido para o lado enquanto um grosso filete de sangue lhe escorria pelo nariz. O sombrero voou, perdendo-se assim como o bastão no beco, e seus longos cabelos desenrolaram por seus ombros. O restante de seu corpo era pesado demais para sair do lugar apenas com aquilo, embora seu pescoço tivesse produzido um estralo estonteante quando ele o retornou ao lugar, cuspindo vermelho próximo aos pés de Nicolas.

Havia um corte em sua face quando ele fitou o outro novamente.




-... satisfeito?- ele indagou num meio ssussurro.- Eu mereço isso, não mereço? Deixe-me te falar uma coisa, garotinho birrento...

No momento seguinte  os lábios dele voltaram a se curvar, e uma risada veio do fundo de sua garganta. Ele aproximou-se um pouco mais de Nicolas.

- Sim, ela beija bem. Mas você faz melhor.


O monstro que nega a Deus e o que se ajoelha a Deus são a mesma coisa. 
Voice:
avatar
Beyond Darkness
Cão dos Darkness
Cão dos Darkness

Mensagens : 56
Data de inscrição : 26/12/2017
Idade : 37
Localização : Los Angeles | Neo Tokyo

B.I.O.S.
HP:
200/200  (200/200)
MP:
200/200  (200/200)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas de Regalo

Mensagem por Nicolas Gattile em Sab Fev 10, 2018 10:04 pm

“Deixe-me te falar uma coisa, garotinho birrento...”



Nicolas se não esperou que ele terminasse e desferiu mais um golpe. Em seguida, empurrou Beyond pelos ombros e continuou desferindo golpes e mais golpes em seu rosto. 


“Sim, ela beija bem. Mas você faz melhor.” 


Nicolas grunhiu e chutou a parte de trás de seus joelhos, na intenção de derrubá-lo. Em seguida desferiu uma joelhada em seu rosto, se afastando em seguida. 


Ele parou e voltou a colocar os cabelos alinhados para trás. Percebeu ali, exatamente do que se tratava tudo aquilo. Beyond podia ser muito mais filho da puta quando queria. 


— Você... você fez de propósito! Você sabia... GRRR! — Nicolas grunhia nervosamente. 


Última edição por Nicolas Gattile em Sab Fev 10, 2018 10:06 pm, editado 1 vez(es)


avatar
Nicolas Gattile
Recém-chegado
Recém-chegado

Mensagens : 7
Data de inscrição : 12/01/2018
Localização : Villa Gattile

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas de Regalo

Mensagem por Federação Alterra em Sab Fev 10, 2018 10:04 pm

O membro 'Nicolas Gattile' realizou a seguinte ação: Lançar dados


'd20' : 8


avatar
Federação Alterra
Recém-chegado
Recém-chegado

Mensagens : 45
Data de inscrição : 29/05/2013

B.I.O.S.
HP:
200/200  (200/200)
MP:
200/200  (200/200)

Ver perfil do usuário http://neotokyo.forumgratis.com.pt

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas de Regalo

Mensagem por Beyond Darkness em Sab Fev 10, 2018 10:12 pm

TACA A MÃE


O monstro que nega a Deus e o que se ajoelha a Deus são a mesma coisa. 
Voice:
avatar
Beyond Darkness
Cão dos Darkness
Cão dos Darkness

Mensagens : 56
Data de inscrição : 26/12/2017
Idade : 37
Localização : Los Angeles | Neo Tokyo

B.I.O.S.
HP:
200/200  (200/200)
MP:
200/200  (200/200)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas de Regalo

Mensagem por Federação Alterra em Sab Fev 10, 2018 10:12 pm

O membro 'Beyond Darkness' realizou a seguinte ação: Lançar dados


'd20' : 8


avatar
Federação Alterra
Recém-chegado
Recém-chegado

Mensagens : 45
Data de inscrição : 29/05/2013

B.I.O.S.
HP:
200/200  (200/200)
MP:
200/200  (200/200)

Ver perfil do usuário http://neotokyo.forumgratis.com.pt

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas de Regalo

Mensagem por Beyond Darkness em Seg Fev 12, 2018 12:11 pm

Ainda com as mãos pendendo ao lado do corpo, Beyond não fez aboslutamente nada para desviar de qualquer um dos socos que prosseguiram. Pelo contrário, tudo o que ele quis foi fazer questão de não interromper suas palavras, o que o atraíram ainda mais ira da parte de Nicolas.

O chute fez seus joelhos irem ao chão, e a joelhada veio fatal; foi o único golpe capaz de deixá-lo minimamente atordoado, e o sangue espirrou por toda parte, escorrendo por seu rosto.
Quando Nicolas se afastou, no entanto, ele de fato percebera certo: nada daquilo tinha sido mais capaz de realmente arrancar aquele maldito sorriso da face do Darkness.

De tal forma que enquanto Nicolas grunhia, acusando-o mais uma vez, sua boca enchia de sangue, que derramou quando ele alargou ainda mais o sorriso, vagarosamente voltando a se erguer.

- Bingo, Gattile.- ele cuspiu a saliva carmesim, dando um passo em direção ao palhaço novamente.- Se você queria um motivo, você o tem: sou levemente auto-destrutivo... mas você?

Ao chegar perto o suficiente, foi a primeira vez ali que Beyond ergueu as mãos na direção de Nicolas, e elas alcançaram o colarinho de seu terno roxo, puxando-o para perto, quase colando os corpos e impedindo-o de se afastar novamente.

- Por que você está tão bravo com um beijo... se eu posso dá-lo muito mais que isso?- as mãos grandes escorregaram para os cabelos verdes, e se prenderam ali, puxando-o com um pouco de força para ainda mais perto.- Isso não é uma competição, Nic... porque você já ganhou há muito tempo. Então se você não vai pôr aquele sorriso no seu rosto novamente, eu faço por mim mesmo.

E Beyond o beijou. Urgentemente, calorosamente, como se aquele gosto de sangue apenas apimentasse o sabor.



O monstro que nega a Deus e o que se ajoelha a Deus são a mesma coisa. 
Voice:
avatar
Beyond Darkness
Cão dos Darkness
Cão dos Darkness

Mensagens : 56
Data de inscrição : 26/12/2017
Idade : 37
Localização : Los Angeles | Neo Tokyo

B.I.O.S.
HP:
200/200  (200/200)
MP:
200/200  (200/200)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas de Regalo

Mensagem por Nicolas Gattile em Seg Fev 12, 2018 1:08 pm

Nicolas deu alguns passos para trás colando suas costas na parede quando viu Beyond se aproximando, e uma vez pego pelo casaco, colocou um braço entrei  os dois de maneira defensiva. Os dedos de Beyond agarraram seus cabelos verdes e os puxaram com força. 


— A única coisa que você anda me dando ultimamente é nos nervos, Beyond Darkness. 


O beijo foi caloroso e urgente, e o palhaço mordeu o lábio do outro, arrancando um pouco mais de sangue, e provavelmente fazendo o outro se afastar pelo menos um pouco. Só então o sorriso voltou a reinar em seu rosto. 


— Ver você sofrer trouxe meu sorriso de volta, Pup. Satisfeito? Já teve o suficiente por hoje? 


Apesar da violência, o Pet name Pup fora usado, o que provavelmente era um bom sinal... certo? Ele caminhou próximo à parede e suas mãos encontraram o frio metal de uma porta dos fundos de um dos grandes galpões que ladeavam o beco. 


avatar
Nicolas Gattile
Recém-chegado
Recém-chegado

Mensagens : 7
Data de inscrição : 12/01/2018
Localização : Villa Gattile

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas de Regalo

Mensagem por Beyond Darkness em Ter Fev 13, 2018 8:45 am

Ele pareceu se divertir com as palavras de Nicolas, mesmo que a mordida a seguir tivesse feito com que se afastasse por impulso. Beyond inclinou a cabeça, passando o polegar pelos lábios vermelhos enquanto acompanhava Nicolas com o olhar como se o apreciasse; de fato, em seu íntimo, aquele palhaço não mudava. Sempre escorregadio, e aquela raiva intensa que o dominava só o tornava cada vez mais difícil de ser encurralado.
No entanto, B já havia convivido o suficiente com ele para desenvolver truques. Há algum precioso tempo o embate entre eles deixara de ser só entre palavras enigmáticas e discussões shakespearianas de tal forma que haviam unido-se no contato físico, no prazer mútuo da carne a princípio, para em seguida serem capazes de unir-se nos sentimentos.
Logo, se era o sentimento que os separava dessa vez, a melhor forma de uni-los seria o contato... porque há algum tempo o Darkness percebera que o melhor jeito de fazer com que Nicolas deixasse de fugir, era fazê-lo querer ficar.
Por mais irado que o palhaço estivesse, Beyond não se importava de canalizar toda aquela fúria para si... fosse de uma forma ou de outra.

Ainda assim, não havia mais que um palpite, uma vontade estampada no olhar carmesim quando ele se pôs perto uma vez mais, estendendo os braços para que suas mãos encostassem sobre o metal da porta, cercando ambos os lados do rosto de Nicolas, deixando-o sem saída se não girar a maçaneta e recuar ou avançar e ter Beyond ainda mais colado em si.
Na primeira vez que eles estiveram tão perto, B havia apostado em apenas um lado.
Agora, ele tinha os dois ao seu favor. E não fez questão de esconder isso quando sorria, erguendo as sobrancelhas diante das perguntas do italiano.

- Eu? Sofrendo? Satisfeito o suficiente?- um riso breve escapou de sua garganta.- São palavras que não combinam comigo, Gattile. Você vai ter que se esforçar muito, muito mais se quiser que eu te deixe em paz.


O monstro que nega a Deus e o que se ajoelha a Deus são a mesma coisa. 
Voice:
avatar
Beyond Darkness
Cão dos Darkness
Cão dos Darkness

Mensagens : 56
Data de inscrição : 26/12/2017
Idade : 37
Localização : Los Angeles | Neo Tokyo

B.I.O.S.
HP:
200/200  (200/200)
MP:
200/200  (200/200)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas de Regalo

Mensagem por Nicolas Gattile em Qua Fev 14, 2018 1:44 am

Fisicamente encurralado, Nicolas lançou um breve olhar para o chão antes de erguer os olhos escuros para encontrar os de Beyond. Havia algo de diferente neles. Quase tímidos, quase desejosos, mas não exatamente nenhuma dessas coisas. Nicolas colou o corpo no dele e subiu uma mão para tocar o rosto do Darkness com cuidado, quase amorosamente. A outra mão subiu lentamente por dentro do sobretudo vermelho por toda a extensão de  seu flanco, da cintura até sobre as costelas. 


— Vai me dizer que quer que eu pare de tentar? — Aquele momento era isso. Uma disputa de forças, onde ninguém sai perdendo. Nicolas deixou que seu rosto ficasse bem próximo do de Beyond, suas respirações próximas. Tentando. Provocando. Sua língua umedeceu seus lábios, e ele mordeu o lábio inferior. Sorrindo, ele graciosamente desapareceu na escuridão da sala para a qual a porta levava. 


— Você diz que eu ganhei essa competição, mas eu não quero aquilo que eu posso ter.  


A voz dele ecoava na sala completamente escura como se viesse das próprias paredes. 


— O que eu posso ter não me importa. Eu valorizo muito mais aquilo que eu posso perder


O grande problema era que Beyond sentia uma necessidade natural e inerente de ser um pé no saco. O problema não era o que ele fazia. Bem, na verdade era isso também, mas especialmente o problema é que ele fazia de propósito. E gostava quando Nicolas ficava com raiva. Ele relevava a raiva do palhaço, achando ela “fofa”, provocando-a ainda mais. Ignorava seus motivos. E Nicolas odiava ser ignorado. Nicolas caminhou no escuro enquanto ponderava, mantendo-se em linha reta. Ele se virou de volta para a porta e passou os dedos pelo cabelo penteado para trás, o atrapalhando e sentindo a raiva invandindo-o outra vez. 


— Você, Beyond Darkness, é um puto, desgraçado, inconha dos infernos. Você é um saco de lixo vestindo um sobretudo vermelho, e por mim, VOCÊ PODE IR PRO INFERNO! VOCÊ, SUA AMIGUINHA, SUAS PALAVRAS BARATAS, TUDO! E EU ESPERO QUE VOCÊ TENHA FICADO BEM EXCITADO COM ESSAS PALAVRAS JÁ QUE TEM UM TESAO TÃO GRANDE ASSIM POR SER ODIADO, POR QUE - ADIVINHE SÓ? - EU ODEIO VOCÊ SEU MERDA. Agora faça um favor e leve seus quase dois metros de filhadaputice pra longe de mim. 


avatar
Nicolas Gattile
Recém-chegado
Recém-chegado

Mensagens : 7
Data de inscrição : 12/01/2018
Localização : Villa Gattile

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas de Regalo

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum