Neo Tokyo
É com todo o prazer que damos as Boas Vindas a Neo Tokyo!

O fórum se passa em um mundo futurístico, cyberpunk, onde as grandes corporações e as máfias dominam todo o giro de capital.
Desde os altos arranha-céus da Cidade Alta até as ruas sujas e cheias de mendigos e doentes do Distrito 8, o mundo é dominado pelas modificações corporais e pelos implantes de aumento de habilidade, ou AUGS.

Desenvolva sei personagem, com suas habilidades e fraquezas e escolha seu local de moradia de acordo com seu passado e presente, e acima de tudo: divirtam-se!

Aposentos da Nym

Página 3 de 3 Anterior  1, 2, 3

Ir em baixo

Aposentos da Nym

Mensagem por Nymeria Lindberg em Qua Dez 27, 2017 9:36 pm

Relembrando a primeira mensagem :





Edrik Lindberg:


avatar
Nymeria Lindberg
Herdeira dos Lindbergs
Herdeira dos Lindbergs

Mensagens : 326
Data de inscrição : 30/05/2013
Idade : 17
Localização : Neo Tokyo, новая москва

B.I.O.S.
HP:
200/200  (200/200)
MP:
200/200  (200/200)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo


Re: Aposentos da Nym

Mensagem por Nymeria Lindberg em Sab Jan 06, 2018 5:43 pm

Nymeria sabia que para Lennart dormir com ela era como matar três coelhos com apenas uma paulada. Ele acreditava que poderia usá-la, ao mesmo tempo que rebelava-se com o pai dela e ganhava muito prazer no processo. Secretamente ela tinha de admitir que divertia-se com aquilo. De fato, todos deduziam o que aconteceria se Vlad descobri-se, mas não era algo que ele dissera explicitamente.
Bem... quem soubesse realmente pelo que Nym já havia passado na mão dele, não desconfiaria de um castigo terrível.

Era certo que Nymeria estava perdida desde o primeiro momento que decidira beijar Lennart para brincar com ele. Ela podia até negar para si mesma e bater seus pequenos pés, mas a paixão era algo que crescia lentamente em seu peito, com um florescer sublime, digno de uma longa espera.

Ela retribui aquele beijo rápido e uma expressão de luxúria nublou seu sorriso divertido. Ainda havia diversão ali, é claro, só que era muito mais calorosa que uma comum.

- Eu estou pensando... que você mencionou da última vez algo sobre uma venda. Você a trouxe? - ela aproximou novamente seu corpo do dele, o nariz encostando no de Lennart enquanto as mãos pousavam sobre seu peito. - Eu estou pensando em algo que una uma venda, meu tapete e eu de quatro.

Era um fato que Nymeria gostava de dominar, ela nascera para isso e era uma posição que a agradava. Contudo, quando estava com Len, aquilo desaparecia quase que por completo. Ela não ligava de postar-se de qualquer forma para ele, desde que pudesse senti-lo dentro dela.




Edrik Lindberg:


avatar
Nymeria Lindberg
Herdeira dos Lindbergs
Herdeira dos Lindbergs

Mensagens : 326
Data de inscrição : 30/05/2013
Idade : 17
Localização : Neo Tokyo, новая москва

B.I.O.S.
HP:
200/200  (200/200)
MP:
200/200  (200/200)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aposentos da Nym

Mensagem por Lennart Requiem em Dom Jan 07, 2018 12:32 pm

Um ato de rebeldia, um ato de prazer e um ato de liberdade. Tudo ao mesmo tempo. Era apenas mais um fator do que tornava aquilo tudo tão bom. É claro, ainda havia o fator do perigo, porém como os dois apenas se encontravam quando Vlad não estava em casa, esse era um tanto quanto mínimo. Se fossem pegos, as consequências seriam extremas, mas não é como se alguém fosse contar para Vlad, pois a fúria dele iria atingir até mesmo os empregados que não fizeram nada. 

Quando vira Nymeria pela primeira vez, Lennart pensara que ela seria uma pessoa extremamente irritante e que seria apenas um obstáculo em seu caminho. Depois, ela se tornou uma oportunidade para que ele finalmente tivesse sua liberdade. E por fim, ela acabara por ser uma pessoa pela qual Lennart era atraído naturalmente. Ele podia até negar, porém aquilo era inegavelmente uma paixão que ele sentia por ela. 

- É claro que eu trouxe, eu estava esperando por isso - Ele falou, sentindo o rosto dela contra o dele e abrindo um sorriso da mais pura malícia - Eu gostei dessa ideia. Gostei muito dessa ideia.

Dito isso, ele a beijou novamente. Era realmente algo difícil para ele, ficar sem beijá-la por muito tempo. Quando estava servindo de segurança para ela em locais públicos, era um verdadeiro inferno para o rapaz, que apenas desejava beijá-la como se não houvesse amanhã. Porém, se os paparazzi tirassem fotos do relacionamento dos dois, realmente não haveria amanhã para ele. Ele levantou-se e foi até a calça que havia jogado longe, puxando uma venda negra de dentro de um dos bolsos, virando-se para Nymeria com um sorriso em seu rosto.

- Você quer isso, não é?



''I can’t go underground for a year, ten years, my whole life, waiting for freedom to be handed to me. Freedom is something you have to take for yourself.''
avatar
Lennart Requiem
Cão dos Lindbergs
Cão dos Lindbergs

Mensagens : 94
Data de inscrição : 23/12/2017
Idade : 18
Localização : Aonde me mandarem ir

B.I.O.S.
HP:
200/200  (200/200)
MP:
200/200  (200/200)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aposentos da Nym

Mensagem por Nymeria Lindberg em Dom Jan 07, 2018 2:03 pm

O que Lennart não sabia era que a própria Nymeria era uma rebelde naquele lugar. Ela própria almejava a queda do pai e faria o que estivesse a seu alcance para extingui-lo da face do planeta. Ela aproveitara-se dele naquele sentido, mas afirmar isso era errado... afinal Nym gostava o suficiente de Len para dexá-lo tocá-la onde ninguém jamais tocara. Definitivamente isso não era algo leviano.

Desde que fora obtido por uma armação de seu pai, ela via Lennart como um perigo. E ele a irritava sobremaneira. Era muito difícil lidar com ele no início, não queria que o rapaz seguisse-a por todos aqueles lugares, ela sabia se virar sozinha. Mas só precisara beijá-lo uma vez para que novas ideias surgissem... E para que ela desejasse beijá-lo sempre.


- Uh... aparentemente você não perde nenhuma oportunidade. - Sua boca roçou momentaneamente contra a dele. - Eu imaginei que seria de seu agrado.

Nym correspondeu aquele beijo com um entusiasmo óbvio. Beijar Lennart era como comer o fruto proibido do jardim do Éden, ela sabia que um dia isso levaria a um castigo, mas era incapaz de parar. Naquele ponto em que estava, ela jamais conseguiria separar-se de Len completamente. Cada vez que sua boca chegava perto o bastante, ela simplesmente precisava senti-la em si, independente de onde fosse. Quando o beijo foi quebrado, Nym seguiu-o com os olhos desiguais, sem que estes perdessem sequer um movimento que Lennart fazia. Sua respiração acelerou suavemente enquanto ela sentava-se sobre os próprios calcanhares, observando atentamente a venda.

- Sim... eu quero.




Edrik Lindberg:


avatar
Nymeria Lindberg
Herdeira dos Lindbergs
Herdeira dos Lindbergs

Mensagens : 326
Data de inscrição : 30/05/2013
Idade : 17
Localização : Neo Tokyo, новая москва

B.I.O.S.
HP:
200/200  (200/200)
MP:
200/200  (200/200)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aposentos da Nym

Mensagem por Lennart Requiem em Dom Jan 07, 2018 2:22 pm

É claro que se Lennart tivesse conhecimento dos planos de Nymeria, ele a ajudaria sem pensar duas vezes. O que ele mais desejava naquele momento era a liberdade, a mesma que ele jogara fora sem nem pensar duas vezes apenas pela oportunidade de vingança. Porém nem disso ele chegara perto, uma vez que se tornara um escravo para Vlad. Adoraria matá-lo, porém sabia que isso não seria algo inteligente de se fazer, não enquanto ele tivesse consigo o poder de desativar os AUGS de Len. Não, ele teria que esperar.

Agora, tão próximo de Nymeria e amando cada segundo que passava com ela, os arrependimentos de Lennart tornavam-se muito pequenos. Se tivesse que passar por tudo o que passara de novo, só para chegar ai novamente, ele certamente o faria. Nymeria era importante demais para ele, ele não conseguia deixá-la para trás.

- Claro que não - Ele deu uma risada curta - E é do seu também, não é mesmo?

A cada beijo que ele compartilhava com ela, era como se ele fosse ainda mais atraído para ela. Não conseguia simplesmente ignorá-la, deixá-la de lado. Não, ele precisava estar com ela sempre que possível, precisa saciar aquele fogo que ambos tinham. Lennart aproximou-se lentamente de Nymeria, apenas para provocá-la ainda mais com a espera e por fim passou a venda na frente dos olhos da garota, erguendo os cabelos dela atrás e em seguida amarrando a venda. Abaixou seus lábios até a altura da orelha dela e deu uma leve mordida no lóbulo da orelha direita.

- Preparada?



''I can’t go underground for a year, ten years, my whole life, waiting for freedom to be handed to me. Freedom is something you have to take for yourself.''
avatar
Lennart Requiem
Cão dos Lindbergs
Cão dos Lindbergs

Mensagens : 94
Data de inscrição : 23/12/2017
Idade : 18
Localização : Aonde me mandarem ir

B.I.O.S.
HP:
200/200  (200/200)
MP:
200/200  (200/200)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aposentos da Nym

Mensagem por Nymeria Lindberg em Dom Jan 07, 2018 3:26 pm

Se Lennart soubesse que por pouco ele não tinha sido livre... que Vlad apenas se aproveitara do fato dele dever para os Lindbergs, quando não fora nem mesmo o líder que autorizara aquela cirurgia e o implante dos AUGs... que tipo de reação ele teria, que tipo de coisa ele faria? Era algo difícil de prever. Apenas uma das personalidades dele conhecia a verdade, e Requiem aparentemente não estava disposto a dividí-la com os outros.

Nym não se arrependia de nada, na maior parte do tempo. A única coisa vez que o fizera, fora por um mero descuido, um que mudara totalmente a vida de outrem. Mas até mesmo este era esquecido quando Lennart a abraçava e beijava. A paixão fluía pelos seus poros afastando todo tipo de coisa que não fosse ele... até mesmo a dor de cabeça pela qual havia se queixado minutos antes do rapaz entrar havia desaparecido totalmente. Como se nunca estivesse ali.


- Quão abusado você consegue ser...? - ela meneou lentamente a cabeça, usando o movimento para tocar os lábios nos dele. - É claro... caso contrário eu não estaria pedindo.

Nymeria tornara-se de Lennart. Eram dele seus pensamentos, seu corpo, seus sussurros, seus beijos. A cada noite que passavam juntos, seu desejo por ele aumentava mais e mais, chegando a um ponto que pareceria impossível. Enquanto ele se aproximava, seu coração disparava dentro do peito. Ficaria óbvia sua respiração descompassada quando ele chegara perto o bastante para vendá-la. Nym arfou quando o tecido tocou seu rosto, a boca dele travando em sua orelha. Suas coxas separaram-se e ela suspirou uma resposta.

- Para você, sempre.




Edrik Lindberg:


avatar
Nymeria Lindberg
Herdeira dos Lindbergs
Herdeira dos Lindbergs

Mensagens : 326
Data de inscrição : 30/05/2013
Idade : 17
Localização : Neo Tokyo, новая москва

B.I.O.S.
HP:
200/200  (200/200)
MP:
200/200  (200/200)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aposentos da Nym

Mensagem por Lennart Requiem em Dom Jan 07, 2018 4:47 pm

+18:

Certamente fúria não seria uma palavra boa o suficiente para descrever a reação de Lennart. Ele, que valorizava a liberdade acima de tudo, jogara a sua pela janela sem saber que poderia ter possuído ela se Vlad não tivesse decidido que ele daria um bom escravo. Tudo pela chance de poder se vingar daqueles que haviam deixado-o a beira da morte, apenas para poder puxar um gatilho e ver o sangue deles se esparramar pelo chão e pintar as paredes. E agora, preso daquela maneira, não tinha como ir até o final daquilo. Sua vingança fora jogada fora, junto de sua liberdade.

Lennart tivera tantas oportunidades para viver uma vida normal que aquilo chegava a doer, ele poderia ter simplesmente continuado a estudar quando ainda era um simples órfão, ou quem sabe ele poderia ter evitado a morte de seus pais. Poderia ter tido relacionamentos que o afastariam daquela loucura. Mas não. Ele seguira pelo pior dos caminhos com um sorriso em seu rosto. Porém, no final deste caminho estava Nymeria e ele sabia que valera a pena caminhar por aquela estrada tortuosa.

- Você não viu nada ainda - Aquela proximidade sempre era o suficiente para fazer com que o fogo de Lennart fosse acendido novamente. Não que ele tivesse sido apagado, isso nunca aconteceria, porém era como se os lábios de Nym fossem gasolina pura. Ele deu mais uma curta risada - Bom, não temos motivos para ficar esperando, não é.

Era como se Lennart fosse feito de metal e Nymeria fosse um imã, sempre o puxando para ela, tornando-o incapaz de fugir. Se bem que, ele realmente não desejava escapar nela, para Len quanto mais próximo melhor. Ele poderia estar longe de estar verdadeiramente livre dos Lindbergs, porém quando estava com Nymeria ele sentia-se verdadeiramente livre, por mais contraditório que aquilo fosse. Sentir-se livre dos Lindbergs estando com uma Lindberg.

- Bom, muito bom.

Ele começou a beijar a nuca da garota, fazendo seu caminho para baixo, descendo pelas costas dela e indo e indo. Ao chegar ao final ele preparou-se, segurando a cintura de Nymeria com firmeza e inserindo seu membro dentro dela, novamente, com força e velocidade. Era como se os momentos de antes não tivessem deixado ele cansado. Mais uma vez e mais uma vez, o movimento logo tornou-se rítmico, conforme Lennart sorria de prazer.

- Essa é uma visão linda - Ele falou, olhando para Nymeria. É óbvio que ela não conseguia ver o que ele via, porém a clara luxúria em sua voz deveria deixar isso claro.



''I can’t go underground for a year, ten years, my whole life, waiting for freedom to be handed to me. Freedom is something you have to take for yourself.''
avatar
Lennart Requiem
Cão dos Lindbergs
Cão dos Lindbergs

Mensagens : 94
Data de inscrição : 23/12/2017
Idade : 18
Localização : Aonde me mandarem ir

B.I.O.S.
HP:
200/200  (200/200)
MP:
200/200  (200/200)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aposentos da Nym

Mensagem por Nymeria Lindberg em Seg Jan 08, 2018 1:09 pm

+18:
Nymeria era acostumada a perder muito mais do que ganhar. Tratando-se da Herdeira de uma das grandes máfias, era de se esperar que a garota fosse uma criança mimada e que recebera tudo o que queria desde pequena... mas não fora assim.
Talvez aquilo fosse uma marca registrada dos grandes líderes, todos terem algo podre e decadente dentro de si, que precisavam passar adiante custe o que custasse.

Nym perdera mais que o próprio olho. Ela própria acabara corrompida, manchada para se tornar uma herdeira ideal, uma líder exemplar. Mas não era o bastante... Edrik era o favorito e sempre fora, e mesmo o rapaz sentia na pele a pressão de ser filho de Vladimir Lindberg. Sua mãe também sofrera a mesma pressão, e não sobrevivera para contar a história.
Nymeria só tinha seu irmão até pouco tempo... e de alguma forma, depois de todo aquele caminho infeliz, ela encontrou em Lennart algo que não sabia sequer que precisava... algo que não conseguia nomear, mas que fazia-a sentir-se bem.


- Tsc. - sua lingua estalou, bem próxima dos lábios dele, enquanto Nymeria ecoava aquele sorriso repleto de perversão e desejo. Sua cabeça já estava nublada com a luxúria, isso sempre acontecia quando Len estava por perto. - Não gosto de esperar...

Nym não o deixaria escapar dela. Através de todas as palavras mordazes, ela o queria perto de si. Por mais que não entendesse o verdadeiro sentimento que os ligava, era algo grande e avassalador. Algo que não podia abandonar. Estar com Lennart tornara-se seu melhor passatempo e não conseguia negar completamente isso. Ele a fazia sentir-se confortável em seus braços, ao mesmo tempo que a fazia entrar em ebulição.

Os beijos dele seguiam um caminho predefinido, Nymeria arqueou as costas e suspirou, sua visão completamente vendada. As sensações multipliavam-se quando não enxergava... era verdade o que diziam, que quando se perdia um sentido os outros tornavam-se mais sensíveis para compensá-lo. Era diferente de apenas fechar os olhos. Havia algo de adrenalina e de tesão naquilo, que tornou-se maior quando ele a penetrou novamente, arrancando um gemido longo de seus lábios. Nym abriu ainda mais as pernas e deixou o corpo cair para frente, suas palmas descendo para encontrar os lençóis amarfanhados da cama quebrada. Ela sugerira o tapete, mas estava bom daquele jeito. Ela não queria mover-se dali, desconectar-se de Lennart.

Se a venda não estivesse em seus olhos ela conseguiria ver o quão tentadora era aquela situação. Mas Nym estava deleitando-se de qualquer forma, as investidas de Len ritmando-se enquanto sons desejosos percorriam as suas cordas vocais.

- E uma sensação... deliciosa... - ela sorriu com o prazer, algo que unido a venda e aquela posição certamente deixariam-no ainda mais excitado.




Edrik Lindberg:


avatar
Nymeria Lindberg
Herdeira dos Lindbergs
Herdeira dos Lindbergs

Mensagens : 326
Data de inscrição : 30/05/2013
Idade : 17
Localização : Neo Tokyo, новая москва

B.I.O.S.
HP:
200/200  (200/200)
MP:
200/200  (200/200)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aposentos da Nym

Mensagem por Lennart Requiem em Seg Jan 08, 2018 2:13 pm

+18:

As memórias que Lennart possuía de sua infância eram todas conturbadas, ele não conseguia se lembrar de muito. Lembrava-se dos rostos de seus pais, porém era incapaz de recordar-se dos nomes deles, assim como não sabia com o que eles trabalhavam, ou onde viviam exatamente. Conseguia relembrar-se de que morava em Copenhague, mas se lhe fosse perguntado o nome da rua na qual estava a sua casa, ele não saberia responder. Desde que vira seus pais morrer, ele encontrava-se incapaz de focar-se em um ponto específico em seu passado. Lembrava-se apenas dos incontáveis orfanatos pelo quais passou e pelos trabalhos que fazia na rua.

- Eu sei.

A paciência de Nymeria era constantemente testada toda vez que ambos transavam, pois Lennart gostava de brincar com ela, deixá-la ansiosa e impaciente. Ele não sabia dizer exatamente o porquê de gostar de fazer aquilo, apenas o fazia e adorava ver conforme ela reagia com a sua própria inquietação. Pequenos prazeres da vida de Lennart.

Os suspiros e gemidos de Nymeria eram apenas mais um motivo para Lennart continuar a fazer o que estava fazendo. Era como uma bela música para seus ouvidos, fazendo com que ele se forçasse a continuar, mesmo quando sabia que não deveria. Cada vez que seus lábios tocavam a pele dela, era como se fogo líquido se espalhasse por dentro do corpo dele, uma sensação extremamente prazerosa e estimulante. Ele lembrou-se que ela desejava o tapete, porém agora já era tarde, ele não ia parar tão cedo assim.

O ritmo continuava acelerado, conforme ele entrava e saía, suspirando e voltando a suar. Ir devagar já deixara de ser uma opção quando Nymeria estava envolvida, o corpo de Lennart agia por instinto e costume, produzindo ainda mais daquela sensação excitante que ambos partilhavam. Ele abaixou-se até que sua boca pudesse alcançar o ombro de Nymeria, ainda mantendo seu quadril movendo-se e mordeu com força o ombro da garota.

- Eu falei que você ia gostar da venda.



''I can’t go underground for a year, ten years, my whole life, waiting for freedom to be handed to me. Freedom is something you have to take for yourself.''
avatar
Lennart Requiem
Cão dos Lindbergs
Cão dos Lindbergs

Mensagens : 94
Data de inscrição : 23/12/2017
Idade : 18
Localização : Aonde me mandarem ir

B.I.O.S.
HP:
200/200  (200/200)
MP:
200/200  (200/200)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aposentos da Nym

Mensagem por Nymeria Lindberg em Seg Jan 08, 2018 9:51 pm

+18:
A infância dos gêmeos era algo controverso, todos chegavam a mesma conclusão, que quando eram pequenos e a mãe ainda estava viva eles pareciam felizes. Após a morte dela, no entanto, tudo começara a desandar. A relação entre Nym e o pai foi azedando e ficando cada vez mais baseada na repulsa. Edrik parecia conter os ânimos dos dois, mas mesmo ele aparentava ter algo contra seu progenitor... possivelmente algo relacionado ao fato de Nymeria carecer de um olho.

- E demora de propósito, é claro... - ela era impaciente, mas não insatisfeita. Suas mãos percorreram os ombros dele e seus antebraços apoiaram sobre seu pescoço para que ficasse mais alta que Len. - Você quer mesmo me deixar esperando?

Ela sabia que Lennart gostava de brincar, mas nem toda a implicância contida em sua personalidade era capaz de fazer com que negasse algo a ela por muito tempo, ainda mais quando havia tal proximidade, aquela ânsia que nunca abandonava nenhum dos dois. Agora, de fato, eles haviam reiniciado o ciclo da melhor maneira possível. A venda era algo simples, mas novo, e Nymeria gostava de sentir coisas novas, ainda mais quando era Len que as administrava nela.

Começando numa velocidade mais alta, não demorou para que Nym estivesse totalmente a mercê dele, o suor escorrendo por sua pele pálida. O choque entre os quadris produzia ruídos que unidos aos suspiros de ambos formavam uma melodia sincronizada e sensual. A mordida em seu ombro a fez estremecer completamente, sentir os dentes de Len nela sempre deixava-a mais perto de seu limite. O grito que se seguiu terminou com um suave som, como um ronronar de um gato.

- Não é... só da venda... que estou gostando.




Edrik Lindberg:


avatar
Nymeria Lindberg
Herdeira dos Lindbergs
Herdeira dos Lindbergs

Mensagens : 326
Data de inscrição : 30/05/2013
Idade : 17
Localização : Neo Tokyo, новая москва

B.I.O.S.
HP:
200/200  (200/200)
MP:
200/200  (200/200)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aposentos da Nym

Mensagem por Lennart Requiem em Ter Jan 09, 2018 9:46 am

+18:
- Claro - Respondeu ele, aquele sorriso repleto de malícia aumentando cada vez mais - Eu adoro ver você impaciente.


É claro que ele não poderia manter aquilo por muito tempo, da mesma maneira que a garota era inquieta o próprio Lennart não conseguia ficar muito tempo distante dela, logo suas provocações eram todas em vão, uma vez que não demoraria muito para que ele se entregasse completamente a ela. Claro que o prazer momentâneo de vê-la ansiando pelo contato com ele era algo bom, porém ter de fato o contato em si era ainda melhor. Além de ser um teste de paciência para Nymeria, era um teste de resistência para Lennart.


Um barulho alto ecoou pelo quarto, um pouco mais altos que os gemidos de Nymeria e ainda mais alto que o som de pele chocando-se contra pele. Lennart acabara de dar um tapa em um dos glúteos de Nymeria. Ele maneirara na força, afinal de contas ele possuía AUGS no lugar de braços normais, e força demais poderia produzir um resultado diferente do que o qual ele estava esperando. Nem mesmo ele sabia explicar o porquê de fazer aquilo, apenas lhe parecera uma boa ideia na hora. O mesmo barulho se repetiu, conforme o outro lado de Nymeria era esbofeteado, a marca dos dedos de Lennart começando a destacar-se em vermelho naquela pele pálida.

- Ah é mesmo? E... do que mais está gostando?



''I can’t go underground for a year, ten years, my whole life, waiting for freedom to be handed to me. Freedom is something you have to take for yourself.''
avatar
Lennart Requiem
Cão dos Lindbergs
Cão dos Lindbergs

Mensagens : 94
Data de inscrição : 23/12/2017
Idade : 18
Localização : Aonde me mandarem ir

B.I.O.S.
HP:
200/200  (200/200)
MP:
200/200  (200/200)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aposentos da Nym

Mensagem por Nymeria Lindberg em Qua Jan 10, 2018 6:27 pm

+18:
- Um dia isso vai voltar para você.

Ela faria questão de fazer com que essa afirmação se tornasse verdadeira. Quando Nymeria sentia-se desafiada a algo, ela era incontrolável. Um belo dia ela arranjaria algemas que não fossem facilmente destruídas pela força dos AUGs de Len... então ele veria o que era realmente bom. De qualquer uma das formas, era inevitável que ambos teriam muitas situações prazerosas depois, Nym conseguindo impacientá-lo ou não.

Era de se esperar que Nymeria reclamasse daqueles tapas, cujo objetivo era claramente excitá-la ainda mais. Entretanto, ela gostou. Nym não era masoquista, mas eles não eram fortes o suficiente para machucar, apenas para deixar uma ardência que, com toda a excitação que sentia no momento, tornava-se algo indecente, mas ainda assim gostoso.
De fato, o primeiro tapa a fez gritar novamente, enquanto o segundo fez com que arria-se a parte superior do corpo, mantendo a cabeça e os braços apoiados no lençol. Suas mãos agarraram-no com força, e Lennart poderia ver, através do arco que era feito por suas costas, o rosto pálido totalmente vermelho por baixo da venda.


- Disso... eu gosto quando me toca. Gosto quando... me beija. Eu gosto de senti-lo... entrar e sair de mim. Eu gosto da sua pele, e dos sons que você faz. Eu gosto... das coisas que sussurra pra mim.

Ela dizia aquilo numa sentença cortada, a cada estocada mais forte que as demais, como se tivesse seu próprio ritmo, pontuando algumas palavras com gemidos.

Eu gosto de você...

Nym quase disse aquilo, mas concentrou-se no prazer. Seu cérebro só conseguia focar naquilo, nos movimentos que Lennart fazia, agora rápidos e profundos, e nos possíveis tapas não tão fortes que viriam após os dois primeiros. Ela estava absolutamente fora do rumo. E apenas podia esperar por mais.

- Lennart...




Edrik Lindberg:


avatar
Nymeria Lindberg
Herdeira dos Lindbergs
Herdeira dos Lindbergs

Mensagens : 326
Data de inscrição : 30/05/2013
Idade : 17
Localização : Neo Tokyo, новая москва

B.I.O.S.
HP:
200/200  (200/200)
MP:
200/200  (200/200)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aposentos da Nym

Mensagem por Lennart Requiem em Qua Jan 10, 2018 6:46 pm

+18:
- Assim espero.

Ser impaciente era uma lâmina de dois gumes, é claro que quando ele provocava Nymeria ela acabava por ficar inquieta porém isso também o afetava, uma vez que ansiava por poder tocá-la. Era necessário muito, mas muito controle próprio e ainda mais paciência. Apesar das incontáveis formas que ela tinha de retribuir aquelas provocações que ele fazia, o rapaz realmente queria que aquilo retornasse para ele de alguma maneira ou outra, pois por mais que gostasse de deixá-la impaciente, ele tirava uma estranha excitação quando era provocado.

Ele estava tirando um enorme prazer daquilo, como normalmente era. Mas sentia falta de poder ver as expressões no rosto de Nymeria, de sentir as unhas dela em suas costas, passando por cima da tatuagem que carregava. Quando sugerira a venda, sabia que aquilo seria apenas algo a mais na relação dos dois e que se tornaria algo extremamente excitante. E realmente era. Mas a falta que os olhos de Nymeria faziam... Logo não deveria ser nenhuma surpresa quando ele desconectou-se de Nymeria, por um único segundo, para virá-la de modo que as costas da garota voltassem a tocar no colchão. Rapidamente voltou a penetrá-la, beijando-a intensamente no processo.

- E eu amo quando você fala essas coisas... amo seus beijos - Ele falou, assim que quebrou o beijo - Amo seus olhos, amo seus gemidos, amo o seu corpo contra o meu.

'' Amo você ''. Era engraçado, os dois estavam em uma situação similar pois ambos deixaram de falar algo importante, ambos lutavam contra seus verdadeiros sentimentos. Mas aquilo já não era importante naquele momento, conforme o som de pele atingindo pele aumentava, junto dos sons que eles próprios deixavam escapar de suas bocas, ficava claro que aquelas palavras não precisavam ser ditas. Apenas aceitas.

- Nymeria...



''I can’t go underground for a year, ten years, my whole life, waiting for freedom to be handed to me. Freedom is something you have to take for yourself.''
avatar
Lennart Requiem
Cão dos Lindbergs
Cão dos Lindbergs

Mensagens : 94
Data de inscrição : 23/12/2017
Idade : 18
Localização : Aonde me mandarem ir

B.I.O.S.
HP:
200/200  (200/200)
MP:
200/200  (200/200)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aposentos da Nym

Mensagem por Nymeria Lindberg em Qui Jan 11, 2018 4:18 pm

+18:
Nymeria parecia conhecer Lennart a muito tempo, muito embora ele tivesse chegado a mansão não tinha mais que algumas semanas. Era como se ela tivesse descascado-o e visto cada camada, cada hábito e cada prazer. Mas, fazendo isso, ela viu-se igualmente nua em frente a ele. Afinal se você quer conhecer intrinsecamente alguém, é impossível que este alguém não veja algo de ti. E, tratando-se de prazer, ele vira cada faceta dela.

Ela também sentia falta da proximidade com Lennart. De olhar para ele... de beijá-lo. Era estranho como de todas as coisas que ambos tentassem na cama acabava finalizando da mesma forma, com os brinquedos de lado e Len sobre ela, suas bocas se encontrando. E Nym não podia negar que aquela era sua posição favorita. Um sorriso escapou ao ouvi-lo, após ser virada tão rapidamente. Era quase vertiginoso, já que ela não conseguia enxergar.
Palavras não ditas aqueceram seu coração gélido, fazendo-o transbordar.

Nym manteve o ritmo enquanto retribuia aquele beijo, suas mãos subindo para agarrarem-se aos cabelos de Lennart, mantendo-o por perto. - Len... - ela ofegou contra a boca dele, sentindo seu hálito fresco, sem o habitual gosto dos cigarros. - Tire-a...

Era lógico que estava falando da venda em seus olhos. Não que ela não pudesse tirá-la por conta própria... mas fora ele que a colocara onde estava agora. Além disso, Nym tirava uma satisfação simples em ter Lennart tirando peças de tecido de seu corpo. Ela mantinha o ritmo, contudo, suas pernas entrelaçando-se na cintura dele para conseguir sustentação.




Edrik Lindberg:


avatar
Nymeria Lindberg
Herdeira dos Lindbergs
Herdeira dos Lindbergs

Mensagens : 326
Data de inscrição : 30/05/2013
Idade : 17
Localização : Neo Tokyo, новая москва

B.I.O.S.
HP:
200/200  (200/200)
MP:
200/200  (200/200)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aposentos da Nym

Mensagem por Lennart Requiem em Qui Jan 11, 2018 4:35 pm

+18:

Eram apenas semanas, mas pareciam se conhecer a anos, era impressionante como sabiam muito um sobre o outro sem sequer ter conversado direito. A maior parte do tempo Lennart acompanhava Nymeria de um lado para o outro, e nos momentos vagos eles acabavam por se explorar completamente, buscando sempre descobrir algo novo. E até mesmo o que já havia sido feito continuava a ser repetido, sempre trazendo resultados iguais, porém prazerosos. Ambos se conheciam tão bem, mesmo sabendo o mínimo do outro.


Ver os olhos de Nymeria conforme eles transavam era parte do que fazia Lennart adorar tudo aquilo, ele realmente adorava aquelas íris bi-colores. Fora a primeira coisa que notara na garota e instantaneamente gostara deles, eram como dois mares, um azul e um vermelho, nos quais ele constantemente se afogava, permitindo afundar-se sem a menor resistência. Sentir as mãos dela em si era sempre algo bom, que o fazia seguir em frente com tudo aquilo, sentir o calor dela espalhando-se por cada fio de cabelos, ter as unhas dela cortando sua pele da maneira mais prazerosa existente.

- Com todo prazer.

Ele parou a movimentação por um único segundo, foi tudo o que precisou para retirar a venda dela. Porém, demorou mais um segundo para voltar a se mover. Neste tempo ele olhou para o rosto dela, apenas para se apaixonara novamente. Quando de fato voltou a se mover, seu membro entrando e saindo rapidamente, ele suspirou, exalando prazer. Pequenas gotas de suor caíam e atingiam o colchão abaixo deles, conforme ele abaixava seu rosto mais uma vez para voltar a beijar ela. 



''I can’t go underground for a year, ten years, my whole life, waiting for freedom to be handed to me. Freedom is something you have to take for yourself.''
avatar
Lennart Requiem
Cão dos Lindbergs
Cão dos Lindbergs

Mensagens : 94
Data de inscrição : 23/12/2017
Idade : 18
Localização : Aonde me mandarem ir

B.I.O.S.
HP:
200/200  (200/200)
MP:
200/200  (200/200)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aposentos da Nym

Mensagem por Nymeria Lindberg em Qui Jan 11, 2018 10:48 pm

+18:
Lennart aproximara-se de Nymeria para usá-la. Nym deixara-se seduzir por curiosidade. No meio disso, o interesse virou uma atração desenfreada, que lentamente foi se transformando em algo mais forte. Íntimo o bastante para que cada um visse tudo sobre a fachada do outro, as palavras já não eram mais necessárias. Aquela sensação que negavam crescia dia após dia, tomando um espaço vazio no peito de ambos, tornando aquelas horas de prazer em afeto... e, talvez mesmo, amor.

Ela gostava de vê-lo. A aparência de Lennart lhe causava uma admiração, ainda mais seus astutos olhos verdes e um sorriso que poderia lembrar uma raposa. Com mil e umas intenções maliciosas abaixo... mas ela o adorava. Seus toques, suas palavras, seu gosto... tudo deixava-a num frenesi, tudo que ele fazia tirava-a da razão... tocá-lo, arranhá-lo, mordê-lo... tê-lo todo para ela. Eram as coisas que passavam por sua cabeça quando estavam próximos e mais preocupados em fazer outra coisa que não fosse irritar um ao outro.
A verdade era que aquele sorriso dele era o bastante para provocá-la, para retirar seus freios e fazê-la acelerar.

Nym sentiu-o parar, e logo a luz adentrava seus olhos novamente. E a primeira coisa que ela viu foi o rosto dele. Aquele rosto perfeito.. seus olhos se encontraram por um curto período, que poderia ter sido uma eternidade. E ela percebeu que era amor... porque nenhuma outra coisa faria-a olhar para ele daquela mesma forma.
Mas então, Lennart moveu-se.
Tão intenso e rápido e profundo, fazendo-a arquear o corpo, o prazer correndo por suas veias. O colchão e o lençol abaixo deles estava úmido com o suor de ambos, e ela subiu os lábios para reiniciar o beijo, seus quadris movendo-se para acompanhar o ritmo que Len ditava.

Suas mãos desceram da cabeça dele e cravaram-se em suas costas, fazendo ainda mais linhas que cruzavam a bela tatuagem de dragão em suas costas. Ele também vira a todo momento a tatuagem tão parecida com a dele, feita em seu braço esquerdo. Como se tivesse sido proposital, mas não era. Eles nem se conheciam quando fizeram tal desenho, cada um em seus devidos lugares.

Nymeria gemeu alto, seus lábios quebrando o beijo para dizer algo, algo que não chegou a fazer som algum, mas Len poderia nitidamente senti-los movendo-se, contra a pele de seu ombro. Ela beijou o local e sua lingua tocou-o, subindo até a orelha dele e terminando numa mordida suave, já que as estocadas eram constantes e morder muito forte poderia acarretar em um acidente.


- Você é... lindo. E... delicioso...




Edrik Lindberg:


avatar
Nymeria Lindberg
Herdeira dos Lindbergs
Herdeira dos Lindbergs

Mensagens : 326
Data de inscrição : 30/05/2013
Idade : 17
Localização : Neo Tokyo, новая москва

B.I.O.S.
HP:
200/200  (200/200)
MP:
200/200  (200/200)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aposentos da Nym

Mensagem por Lennart Requiem em Sex Jan 12, 2018 6:03 am

+18:

Se Lennart soubesse que acabaria por se apaixonar por Nymeria após se envolver com ela, ele provavelmente não o faria. A simples oportunidade de ser verdadeiramente feliz o assustava profundamente. A ideia de poder ter uma chance de melhorar, de poder abandonar todos os seus problemas e simplesmente viver ao lado de Nymeria era algo que trazia para ele uma sensação estranhamente boa, que o esquentava por dentro, trazendo alegria para a mente tão escura do rapaz. O problema era que ele não se julgava merecedor disso.


A mais pura verdade era que Nymeria como um todo era o que realmente completava Lennart, fazia-o ser inundado por um júbilo inexplicável. Quaisquer que fossem os momentos partilhados entre os dois, desde os mais íntimos e quentes, até os mais calmos e silenciosos. Quando via aquele rosto perfeito que ela possuía, era como se ele voltasse a se apaixonar pela garota. Uma sensação tão viciante quanto qualquer droga já produzida pela humanidade. A própria presença de Nymeria era como um imã, sempre puxando Lennart que perto dela era como se fosse feito de metal, apenas deixando-se levar sem a menor resistência.


Lennart arfou quando sentiu aquelas unhas em suas costas, o prazer tomando conta de seu cérebro fazendo com que aquele movimento chegasse ao ápice de sua velocidade. Com aqueles dois sempre parecia ser assim, apesar de terem deixado os começos lentos para trás, eles sempre chegavam no ápice quando Lennart era provocado o suficiente, deixando que seu corpo tomasse completo controle de suas ações, fazendo o que já fizera incontáveis vezes. Aquela tatuagem de dragão nas costas de Lennart possuía tantos riscos vermelhos por cima, todos produzidos por Nymeria, que era uma surpresa que ainda estivesse aparecendo. Claro, ele não podia checar para ver o estado de suas costas, mas ele sabia muito bem como deveria estar. Já vira várias vezes o resultado que as unhas de Nymeria deixavam para trás.


Todo local que os lábios de Nymeria tocavam era como se tivessem sido lambidos por fogo, deixando para trás uma queimante e agradável sensação, que logo se espalhava pelo resto do corpo de Lennart. A cada mordida e beijo era um suspiro a mais que deixava a boca do dinamarquês, suas mãos segurando firmemente a cintura de Nymeria contra si, por mais que isso não fosse exatamente necessário, mas era bom ter a pele dela em suas mãos. Lennart começou a beijar o pescoço de Nymeria, fazendo seu caminho até encontrar a boca dela novamente. Ele era incapaz de falar, pois as únicas palavras que desejavam sair de sua boca eram '' Eu te amo. ''



''I can’t go underground for a year, ten years, my whole life, waiting for freedom to be handed to me. Freedom is something you have to take for yourself.''
avatar
Lennart Requiem
Cão dos Lindbergs
Cão dos Lindbergs

Mensagens : 94
Data de inscrição : 23/12/2017
Idade : 18
Localização : Aonde me mandarem ir

B.I.O.S.
HP:
200/200  (200/200)
MP:
200/200  (200/200)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aposentos da Nym

Mensagem por Nymeria Lindberg em Sex Jan 12, 2018 2:00 pm

+18:
Se Lennart não achava-se digno de ser feliz, Nymeria não sabia se poderia sê-lo. Ela vivera por tanto tempo apenas como uma ferramenta, como uma herdeira que deveria ser perfeita e se não o fosse, seria descartada, que seu objetivo tornara-se mudar aquilo. Mas ela não via sua vida melhorar depois disso... era como se aquele desejo fosse mais uma vingança ou uma forma de sobrevivência... e o que viria depois disso, tanto fazia.
Além do mais, apaixonar-se por ele era como traçar um caminho ainda mais perigoso do que aquele que já cruzavam. Se Vlad descobrisse que tal sentimento existia, ele poderia usar Lennart contra Nymeria, ou vice-versa. E ela não queria que mais alguém que amara morresse.

Ela tornara-se dele desde a primeira noite. Essa era a grande verdade, decorada com desculpas, coisas como a atração física gritante que havia entre os dois, como Lennart era lindo, ou sexy, ou bom na cama. Nymeria sentia a química que havia entre ambos nitidamente, era como se fosse uma entidade que os empurrava um para o outro, por mais que desejassem ficar longe. Desde o começo, ela sabia que não conseguiria evitá-lo por muito tempo. e nem desejava...

Os suspiros dele eram suficientes para fazê-la pressionar ainda mais suas unhas contra a pele. Ela gostava da ideia de ter suas marcas nele. Na verdade, o próprio Lennart compartilhava daquela mania. Eles estavam sempre marcando um ao outro, como se fossem seus territórios, como se quisessem deixar explícito que estiveram ali. Que ninguém mais poderia marcá-los daquela forma. E isso de certa forma era verdade, já que Nymeria só admitia Lennart em sua cama, e Lennart só admitia que Nym o ferisse com suas unhas.

A cama quebrada não impedia aqueles dois, que mantinham uma velocidade rápida e um ritmo constante. Nymeria também calara-se, tanto por temer deixar escapar uma frase reveladora, tanto pelo prazer que sentia, algo que nublava seu cérebro e apenas fazia-a murmurar coisas sem sentido, já que as palavras se quebravam ao meio com seus próprios gemidos e arfares. Não fazia muito tempo que havia chegado ao climax, mas ela já reconhecia a sensação de estar aproximando-se de um novo limite, o prazer em todo o seu corpo convergindo para seu baixo ventre.

Seus braços apertaram-no mais forte, seu beijo tornou-se mais urgente e sua pulsação acelerou-se. Nymeria arfou o nome dele entre seus lábios, antes que a sensação de orgasmo a inunda-se pela segunda vez.




Edrik Lindberg:


avatar
Nymeria Lindberg
Herdeira dos Lindbergs
Herdeira dos Lindbergs

Mensagens : 326
Data de inscrição : 30/05/2013
Idade : 17
Localização : Neo Tokyo, новая москва

B.I.O.S.
HP:
200/200  (200/200)
MP:
200/200  (200/200)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aposentos da Nym

Mensagem por Lennart Requiem em Sex Jan 12, 2018 2:27 pm

+18:

Lennart fizera incontáveis coisas com o passar dos anos, muitas das quais ele realmente não se orgulhava apesar de ser muito desconexo do sentimento da vergonha. Em sua mente, estava a justificativa de que fizera o que fora necessário para sobreviver, porém até mesmo isso já não lhe ajudava muito. Sua juventude fora realmente conturbada e fez com que o resto de sua vida se tornasse uma encarnação do caos. E é claro que, quando apaixonara-se por Nymeria, ele vira uma oportunidade de colocar tudo em seus eixos novamente e como já era de praxe ele provavelmente estragaria aquilo de uma maneira ou de outra. Era quase um instinto, o de evitar ser feliz.


Era verdade que com o passar dos anos Lennart acabara por se tornar uma pessoa muito, mas muito liberta. Ele se deitava com quem quisesse, acabava com relacionamentos inteiros apenas com um olhar e de fato era bom na cama o suficiente para atrair outras pessoas. Mas agora que tinha Nymeria, ele já não queria tudo aquilo, apenas desejava aquela garota com a qual estava transando. Ficar com ela pelo resto de sua vida era quase como um sonho perfeito, um que ele desejava fazer tornar-se uma realidade.


Desta vez o que escapara fora um alto gemido, conforme ele mordia seu lábio inferior, em um sorriso prazeroso. Nunca gostara muito da ideia de ser arranhado, porém com Nymeria parecia ser diferente, era como se ela soubesse exatamente o que fazer para tornar aquilo extremamente agradável para ele. Ou apenas fosse o fato de que era ela quem estava fazendo aquilo, ele realmente não sabia e não se importava em descobrir.


Verdade seja dita, Lennart se esquecera completamente de que haviam conquistado a proeza de quebrar a cama de Nymeria, até porque aquilo não era importante no momento. Assim como Nymeria, o rapaz estava chegando em seu limite, a velocidade aumentando apenas mais um pouco, mais que aquilo era fisicamente impossível. Segurando fortemente a cintura da garota, ele liberou tudo dentro dela com um alto suspiro de prazer. Em seguida, abaixou seu rosto e começou a beijá-la. Nos seios, no ombro, no pescoço e na bochecha nessa exata ordem.

- Nymeria, Nymeria, Nymeria - Ele repetia o nome dela depois de cada beijo, após por fim beijá-la na bochecha ele partiu para a boca, com um beijo profundo e rápido que terminou em um breve selinho - Mais uma vez?



''I can’t go underground for a year, ten years, my whole life, waiting for freedom to be handed to me. Freedom is something you have to take for yourself.''
avatar
Lennart Requiem
Cão dos Lindbergs
Cão dos Lindbergs

Mensagens : 94
Data de inscrição : 23/12/2017
Idade : 18
Localização : Aonde me mandarem ir

B.I.O.S.
HP:
200/200  (200/200)
MP:
200/200  (200/200)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aposentos da Nym

Mensagem por Nymeria Lindberg em Sex Jan 12, 2018 3:11 pm

+18:
Se ela pudesse considerar aquele sentimento, cultivá-lo e levá-lo adiante, Nymeria de fato encontraria a felicidade pela qual nunca ansiara, mas que no fundo seria a cura para a maior parte de seus males. Mesmo com todos os obstáculos que surgiam em seu caminho, estar com Len já era algo que fazia-a sentir-se bem, e completa. A sensação de segurança que havia, mesmo com todo o perigo que envolver-se com ele, lhe dava tranquilidade. Algum tipo de paz que a muito não sentia.

O corpo dela arqueou-se, aproveitando aquele último estágio do sexo, o retesar de seus músculos e toda a volúpia que vinha com aquilo. Sua mente ficou momentaneamente leve, tão forte havia sido o prazer que experimentara daquela vez. Sentiu-se esgotada, mas muito, absolutamente satisfeita. Ela apoiou seus braços sobre Len, incapaz de prendê-lo de fato naquele momento, e sentiu a boca dele passeando pelo seu corpo.


- Lennart... - mais um beijo em sua boca. Ela poderia beijá-lo para sempre. Ela podia fazer aquilo com ele várias e várias e várias vezes que jamais se cansaria da sensação de estar ao seu lado, de ser preenchida por Lennart. Mas, pelo menos por agora, um cansaço extremo impedia-a de se movimentar como deveria. Seus olhos fecharam-se por um minuto, enquanto ela tentava respondê-lo. - Mais quantas vezes você quiser... mais tarde.

Nym deixou sua cabeça afundar no colchão, sem um travesseiro que fosse, e puxou-o para o lado, enroscando-se no corpo de Lennart, uma sonolência agradável tomando conta de seus músculos e mente. Antes mesmo que pudesse afirmar que precisaria de um breve cochilo, sua respiração já estava mais lenta e cadenciada.
Estava dormindo...




Edrik Lindberg:


avatar
Nymeria Lindberg
Herdeira dos Lindbergs
Herdeira dos Lindbergs

Mensagens : 326
Data de inscrição : 30/05/2013
Idade : 17
Localização : Neo Tokyo, новая москва

B.I.O.S.
HP:
200/200  (200/200)
MP:
200/200  (200/200)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aposentos da Nym

Mensagem por Lennart Requiem em Sex Jan 12, 2018 4:42 pm

+18:

Lennart desejava a sua liberdade de volta, acima de tudo. Mas, se pudesse, ele largaria dela novamente apenas para poder ficar com Nymeria. Ela era única, mexia com ele de um jeito que ele nunca vira antes, era algo verdadeiramente apaixonante. Não deveria ser nenhuma surpresa que ele simplesmente gravitava na direção daquela garota, mas para ele era, uma vez que nunca provara de um amor daquela maneira. 


Conforme ele chegava a seu ápice, seu músculos se retesavam enquanto ele deixava todo aquele prazer inundá-lo uma última vez, antes de dar lugar para o cansaço. Transar com a Nym era sempre algo extremamente prazeroso e que lhe trazia uma satisfação enorme, era como se fosse algo que tinha que acontecer, algo que o completava de uma maneira inédita para o rapaz. Ele já tivera suas próprias experiências boas no passado, mas aquilo... estava em um outro patamar.

- Cansada? Bons sonhos - Ele disse, momentos de ela apagar. Com um pequeno sorriso em seu rosto, ele depositou um beijo na testa de Nymeria, enquanto ia até a porta apenas para garantir que esta estava trancada. Retornou para o lado da garota e deitou-se, suspirando uma última vez - Eu acho que eu realmente estou apaixonado por você.

Ela já não podia escutar aquilo, porém de certa forma era libertador poder falar aquilo sem escutar a resposta da garota. Não por temer que ela fosse negativa, apenas por não querer que aquilo se desenvolvesse muito rápido. Afinal de contas, ele ainda era um escravo dos Lindbergs e estava buscando sua liberdade, mas depois que ele a obtivesse, certamente voltaria correndo para o lado de Nymeria.



''I can’t go underground for a year, ten years, my whole life, waiting for freedom to be handed to me. Freedom is something you have to take for yourself.''
avatar
Lennart Requiem
Cão dos Lindbergs
Cão dos Lindbergs

Mensagens : 94
Data de inscrição : 23/12/2017
Idade : 18
Localização : Aonde me mandarem ir

B.I.O.S.
HP:
200/200  (200/200)
MP:
200/200  (200/200)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aposentos da Nym

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 3 de 3 Anterior  1, 2, 3

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum